Tag Archives: suor excessivo

21 de janeiro de 2020

Suor: quando ele se torna um problema

Suor: saiba quando e como tratar

Suor é um problema para você?

No calor a gente sua muito e não tem coisa mais feia do que aquela camisa mostrando o seu suor, aquela pizza embaixo do braço.

Além disso o suor também estraga a camisa ou a roupa acaba manchada pelo excesso no uso de desodorantes.

Hoje a dermatologia pode ajudar você com essa queixa.

Toxina botulínica

A toxina botulínica pode ser injetada nas axilas uma vez ao ano e com isso você diminui o suor e evita as consequências chatas que vem com ele.

Você evita manchar a roupa, você evita ser mal visto, então é muito interessante essa opção.

É uma opção pouco dolorosa, são poucas picadas nas axilas que podem ser feitas com anestésico em creme local, aplicado uns 15 minutos antes.

O efeito começa em 2 a 3 dias e ele dura muito mais que nas rugas.

Você sabe aplicar o filtro solar corretamente? Então clique aqui e confira se está tudo certinho.

Hiperidrose

O suor excessivo, também chamado de hiperidrose, é uma condição que afeta muitas pessoas e que, antigamente, só poderia ser tratado com cirurgia.

Mesmo assim, havia muitos casos de efeito rebote, ou seja, você tratava a axila e o suor se intensificava nas mãos, por exemplo.

Hoje em dia podemos tratar também essa condição mais grave com a toxina botulínica e os resultados são muito bons, sem o perigo de efeito rebote.

Então se o suor incomoda você, se você não quer ficar com a roupa marcada ou estragar sua roupa, fale com seu dermatologista.

Ele vai aplicar toxina botulínica e você vai ficar muito feliz com o efeito.

17 de março de 2016

Já ouviu falar em hiperidrose?

O que é hiperidrose?

Hiperidrose nada mais é que o suor excessivo. É normal suar quando está calor, durante a prática de exercícios, ou em situações específicas, como momentos de raiva, nervosismo ou medo, mas no caso da hiperidrose essa sudorese excessiva ocorre mesmo quando a pessoa está parada ou em repouso, sem a presença de nenhum desses fatores.

As glândulas sudoríparas das pessoas diagnosticadas com hiperidrose são hiperfuncionantes, ou seja, funcionam além do normal. As causas vão desde fatores emocionais e  hereditários até doenças.

Como identificar o problema?

O suor excessivo pode ser notado nas axilas, palmas das mãos, solas dos pés, rosto, cabeça, e virilha. E quanto mais nervosa a pessoa fica, mais constrangida ela se sente, mais o suor aumenta. A transpiração em excesso pode ser extremamente constrangedora, desconfortável, impedindo a pessoa de desenvolver certas atividades ou pode até se tornar incapacitante.

No caso das axilas pode chegar a manchar as roupas. Nas mãos, por exemplo, pode atrapalhar para fazer uma prova, um exame, ou constranger na hora cumprimentar as pessoas. O suor excessivo nos pés pode estragar um sapato e isso é muito desagradável.

Hiperidrose tem solução?

Isso pode ser tratado. O seu dermatologista é capaz de avaliar sua condição e determinar a melhor forma de tratamento. Existem vários, que vão desde o uso de fortes antitranspirantes até a aplicação de toxina botulínica.

Com aplicação da toxina botulínica a pessoa pode ter uma redução considerável do suor naquela região e, assim, eliminar todo constrangimento, permitindo com que essa pessoa retome sua vida social e profissional.

Procure seu dermatologista, ele vai poder lhe oferecer o tratamento mais adequado para o suor nas axilas, nas mãos, nos pés e com isso melhorar a sua qualidade de vida.