Tag Archives: hidroxiapatita de calcio

3 de março de 2020

Pele aos 40 anos

Pele aos 40 e o envelhecimento

Pele aos 40 anos. O que muda nessa etapa da vida?

Continuando a série de como chegar bem aos 50, hoje o papo é com a mulher de 40.

Eu brinco que aos 20 você acha ou tem certeza que nunca vai envelhecer.

Aos 30 você já começa a duvidar disso, porque alguns sinais começam a aparecer.

Mas aos 40 você percebe que, se não fizer nada, tudo que aconteceu com a sua mãe e sua avó vai acontecer com você.

Aos 40 você percebe que não é imune ao envelhecimento e isso assusta.

De repente você nota uma mudança impressionante no seu contorno facial, como se você não se reconhecesse mais.

Você também percebe a sua flacidez, é a idade marcante para você sentir as mudanças do seu contorno facial.

O que fazer?

A ciência e a tecnologia evoluíram muito e mesmo se você não fez a sua parte aos 30, pode corrigir um pouco o tempo.

Eu quero muito que você tenha a sua rotina: limpeza da pele, o antioxidante pela amanhã, os ácidos à noite, que são fundamentais para aumentar o turnover celular.

Então as rotinas de cremes são fundamentais para você mulher de 40, mas só os cremes não dão conta.

Aos 40 anos você precisa dos procedimentos dermatológicos.

Procedimentos dermatológicos

Esses procedimentos são aqueles que vão segurar o seu rosto e não vão deixar que a gravidade atue em uma maneira forte e insistente.

Eles vão proteger sua pele contra as leis da física e isso é importante!

Hoje nós temos tecnologias que ajudam você a manter seu contorno facial.

O ultrassom microfocado e o Fotona são alguns exemplos de tecnologias que atuam melhorando a flacidez em conjunto com os bioestimuladores de colágeno.

Então se você associa os aparelhos que trabalham a flacidez com os bioestimuladores (ácido polilático ou hidroxiapatita de cálcio), você consegue estimular o colágeno das duas formas.

Essa década dos 40 é marcada pela flacidez e você tem que lutar contra ela.

Pelo menos a cada seis meses você deve se programar para fazer uma tecnologia adequada e um bioestimulador adequado, porque isso vai fazer toda a diferença.

Ainda dá para segurar o envelhecimento aos 40 anos!

Faça o seu plano de tratamento anual, continue fazendo sua toxina botulínica, continue tratando da sua pele, mas dê foco para sua flacidez.

Se você cuidar da flacidez você vai precisar muito menos dos preenchedores para corrigir a flacidez já existente lá no futuro.

Aos 40 ainda dá para fazer uma medicina preventiva para esse envelhecimento, para você chegar melhor aos 50 anos.

19 de novembro de 2019

Mãos envelhecidas

Mãos envelhecidas e tratamentos rejuvenescedores

Mãos envelhecidas? Durante muito tempo as mulheres falavam que você via a idade da pessoa pelas mãos, mas hoje isso não é verdade. Se você tem um bom dermatologista ninguém vai ver a sua idade através delas.

Na mão você pode ter manchas, flacidez e perda de tecido gorduroso.

Às vezes a perda de tecido gorduroso faz com que os seus vasos ou seus tendões fiquem mais aparentes e fique aquela mão emagrecida, envelhecida.

Para todas essas características do envelhecimento há tratamento.

As manchas a gente pode trabalhar com lasers, que tratam as manchas de uma forma simples, com uma ou duas sessões.

Além disso, se você tem uma mão muito magrinha, já com um pouco de perda de tecido gorduroso, você pode tratá-la com bioestimulador.

A hidroxiapatita de cálcio é um bom tratamento, porque ela faz, ao mesmo tempo, uma bioestimulação e um preenchimento leve e discreto, ajudando sua mão a ficar mais jovem, com os tendões menos aparentes, com os vasos menos aparentes.

É possível não mostrar a idade das mãos, é só você buscar um tratamento para elas.

Agora não esqueça: um grande inimigo das mãos é a direção do carro, porque a incidência solar vai direto sobre elas. Então deixe um filtro solar no seu carro e lembre de aplicá-lo quando for dirigir.

Proteção e dermatologista, essas são as duas dicas para suas mãos não ficarem mais envelhecidas que o seu rosto.

21 de outubro de 2019

Flacidez corporal

Flacidez corporal: o que fazer com ela?

Flacidez é o assunto de hoje. Quem que não olha, às vezes, para o seu corpo e acha em alguma parte dele flacidez?

Você, às vezes, olha para alguma parte do seu corpo e enxerga que aquela parte está flácida, principalmente algumas áreas como braços e face interna de coxas.

São áreas em que a flacidez realmente incomoda e, às vezes, a pessoa não consegue nem usar um short ou uma camiseta, porque a flacidez incomoda.

E a flacidez tem solução?

As pacientes sempre me perguntam se é possível melhorar a flacidez. Olha, hoje sim. Hoje você consegue melhorar sua flacidez.

A flacidez piora com a idade, mas até gente jovem tem flacidez.

E uma coisa é flacidez de músculo. Essa é mais tranquila, você vai malhar para melhorar e você vai sentir a diferença, mas a flacidez não é só de músculo, mas de pele. E quando a flacidez é de pele, o dermatologista pode ajudar mais ainda.

Tratando a flacidez

Na flacidez de pele você tem que associar tratamentos, associar tecnologias que são muito importantes.

Associar a radiofrequência ou ultrassom microfocado, que vão ajudar muito no tratamento, como também associar os injetáveis, os bioestimuladores.

São substâncias que nós injetamos com agulhas nas áreas corporais clássicas e elas estimulam a produção de colágeno, bioestimulam a sua pele.

Com isso você vai produzir o colágeno, o que vai ajudar essa pele a ficar mais firme. E depois, com as tecnologias, você melhora ainda mais essa pele.

Essa associação dos bioestimuladores com as tecnologias é uma excelente escolha para o tratamento da flacidez corporal.

E hoje é muito tranquilo, porque você consegue com muito pouca invasão, pouco número de sessões (de uma a três sessões) trabalhar sua flacidez.

Bioestimuladores

Nós temos dois mais importantes, o ácido polilático e a hidroxiapatita de cálcio.

Esses dois bioestimuladores trabalham na região corporal de uma forma muito interessante. Às vezes para alguma área eu prefiro um e para outra área o outro.

É importante sim a opinião médica, a avaliação, para que o dermatologista escolha o melhor produto para você, para o seu tipo de pele e veja qual associação fazer entre a tecnologia e o bioestimulador.

No tratamento da flacidez corporal a associação é muito legal, cientificamente estudada e com resultados comprovados.

É ciência, não é milagre. Pode acreditar!

28 de junho de 2019

Tratamentos corporais no inverno

Tratamentos corporais: inverno é ótimo momento para tratar

Tratamentos corporais agora no inverno podem garantir o corpo dos seus sonhos no verão. Você já tinha pensado nisso?

Agora no inverno as roupas são mais compridas, escondem mais o corpo e, às vezes, você pode pensar em aproveitar isso para ficar um pouquinho fora do peso, afinal as roupas escondem tudo.

Mas isso está errado! Tem que pensar que depois do inverno vem o verão, vem a estação quente, quando o corpo estará mais à mostra, quando virão os biquínis.

Então pense no seu corpo agora, não deixe para pensar no verão. Aproveite o inverno para se cuidar.

Coma melhor, se alimente melhor, faça exercícios e comece a se programar em relação às suas tecnologias, em relação ao que você pode fazer pela sua celulite, pela sua gordura localizada, pelas suas estrias e pela flacidez.

Você pode começar o tratamento agora no inverno, por que não? Se você começar a pensar no seu corpo agora no inverno, no verão vai ficar tudo mais fácil. Então não pense que o inverno e as roupas mais quentes possam esconder alguma coisa, já pense no seu biquini agora no inverno.

E o que você pode fazer pelo seu corpo agora no inverno para deixá-lo preparado para o verão?

Gordura localizada

Depois de um tempo na vida, a gordura localizada começa a aparecer em alguns lugares estranhos, nas costas, nos flancos, no abdômen e ela pode ser tratada de uma forma não invasiva com a criolipólise desenvolvida em Harvard.

É uma criolipólise que já está conosco há mais de 7 anos e que vem desenvolvendo ponteiras novas, específicas para cada região do corpo.

Você pode fazer hoje o seu tratamento e vai conseguir nos próximos 3 meses ter o resultado completo deste tratamento.

Por isso é importante tratar essa gordura agora no inverno e a criolipólise é a melhor opção.

Você pode fazer mais do que uma vez, se achar que pode ter um resultado ainda maior, sem problemas. Em geral, uma ou duas sessões é perfeito.

Você pode fazer uma ou várias ponteiras, dependendo do desenho que você quer ter no seu corpo.

Celulite

Para celulite a radiofrequência é uma boa alternativa. Através do calor, ela melhora a oxigenação tecidual, melhora a mobilização das fibras colágenas, a flacidez local e, com isso, melhora a celulite.

Às vezes só a radiofrequência não dá conta, você precisa da subcisão, que é um método cirúrgico para graus mais avançados de celulite.

O médico corta e solta as fibras que estão puxando a pele para baixo, dando aquele aspecto almofadado. Com a subcisão é possível melhorar as celulites mais graves. Esse procedimento associado às tecnologias geralmente trazem um bom resultado.

Uma coisa interessante de pensar na celulite é que ela, geralmente, está associada à flacidez.

Flacidez

E para flacidez uma ótima opção são os bioestimuladores.

Temos o ácido polilático e a hidroxiapatita de cálcio que trabalham na flacidez de pele. E quando você melhora a flacidez de pele, em geral, melhora também a celulite.

Nós falamos de flacidez, de celulite e de gordura localizada, que são tratamentos que precisam ser pensados agora, para você ter tempo de melhorar tudo isso e deixar o corpo pronto para o verão.

10 de janeiro de 2019

Flacidez: ela vai aparecer para você também

Flacidez atinge corpo e rosto com o passar dos anos

Flacidez é uma coisa que vai incomodando cada vez mais, isso tanto na face quanto no corpo, mas ela pode ser tratada. Existem várias formas de tratar a flacidez e na maioria das vezes a gente precisa associar tratamentos.

A gente pode associar tecnologias como, por exemplo, a radiofrequência, que através da temperatura muda o colágeno, o fibroblasto e, assim você consegue o resultado. Mas você pode também tratar com ultrassom microfocado, por exemplo, que vai melhorar a flacidez fazendo microlesões e cicatrizando com colágeno, atuando de uma forma mais profunda.

CELULITE. Se essa palavra lhe dá arrepios, clique aqui e veja como tratar.

Muitas vezes associar essas tecnologias com os injetáveis, como o ácido polilático e a hidroxiapatita de cálcio, que vão estimular esse colágeno, que vai promover o aparecimento de fibroblastos. Então realmente você deve associar.

Você pode tratar! Hoje, cada vez mais, esses tratamentos são cientificamente comprovados, eles trazem um resultado na literatura médica, então, por favor, procure seu dermatologista se você quiser melhorar a sua flacidez do corpo ou da face.