Tag Archives: envelhecimento

30 de maio de 2019

Cabelos: eles também envelhecem

Cabelos: o dermatologista sabe cuidar bem deles

Cabelos envelhecem. E de que forma os cabelos envelhecem? Eles ficam mais finos e diminuem de quantidade e isso é esperado, mas você não precisa aceitar isso.

Você pode, através de alguns complementos orais, melhorar a qualidade do seu cabelo. Através de tratamentos especiais com seu dermatologista melhorar e deixar os seus cabelos mais saudáveis e mais bonitos.

Cuidar de cabelo não é só com o cabeleireiro, cuidar de cabelo é com seu dermatologista.

A pele do seu rosto está flácida? Parece que tudo está caindo? Clique aqui e veja o que fazer.

Ele entende todo o seu fio, ele entende como melhorar o seu fio, ele tem noções anatômicas adequadas, noções de tratamentos melhores, mais confiáveis para que seu cabelo fique mais bonito e mais saudável, mesmo com o passar dos anos.

Então você que gosta de manter os seus cabelos, procure o seu especialista, procure o seu dermatologista. Ele vai saber ajudar você a se sentir mais bonita, com mais cabelos e, assim, ficar mais feliz.

9 de maio de 2019

Flacidez facial: quando tratar?

Flacidez facial: tratamento e prevenção

Flacidez facial é um problema que vai afetar todo mundo. Será mesmo? Quando que a flacidez facial começa a ser percebida?

Geralmente a partir dos 35 anos você começa a sentir que a pele vai ficando mais fina e aos 40 você sente que ela está desgrudando dos ossos, ela está caindo e, com isso, você perde contorno facial.

Então a flacidez deve ser tratada ou prevenida.

Conheça o PREJUVENATION, protocolo contra o envelhecimento. Clique aqui.

Prevenção

Se você começar a prevenir essa flacidez aos 30 anos com alguns estímulos, como:

– ácido polilático
– hidroxiapatita de cálcio
– tecnologias

O ultrassom microfocado é uma dessas tecnologias indicadas para o tratamento da flacidez facial. Você pode tratar ou prevenir o seu envelhecimento, a sua flacidez.

E se você fizer isso aos 30, aos 40 você vai estar melhor. E aos 50 melhor ainda.

A flacidez deve ser tratada sempre e você pode trabalhar isso de forma anual.

Não é um tratamento que você faz sempre, mas é um tratamento que você tem que lembrar de fazer.

Comece o tratamento para a flacidez cutânea a partir dos 30 anos. Quando você chegar aos 40, você vai agradecer.

25 de abril de 2019

Prejuvenation

Prejuvenation: retardando o envelhecimento da pele

Você sabe o que é prejuvenation?

Prejuvenation é um novo conceito no qual você pode prevenir o envelhecimento.

Quem não quer frear um pouquinho o tempo e se sentir mais jovem por mais tempo? Isso você pode fazer.

A partir dos 25 anos de idade você pode ir tratando levemente as alterações do envelhecimento, segurando as rugas, as manchas, melhorando a qualidade de pele.

Alguns estimuladores, inclusive, ajudam na flacidez. Algumas tecnologias fazem com que a pele fique mais presa e não caia, com isso você vai prevenir as alterações do envelhecimento.

Você pode e deve aderir a este conceito. Prejuvenation, é melhor evitar do que tratar.

28 de março de 2019

Terapias regenerativas

Terapias regenerativas, o futuro do rejuvenescimento

Terapias regenerativas, você já ouviu falar? Foi um assunto muito discutido nos últimos congressos de Paris, de Washington.

O que é terapia regenerativa?

É tratar suas células envelhecidas com o seu próprio sangue.

No nosso sangue temos fatores de crescimento e quando a gente isola esses fatores de crescimento eles conseguem estimular as nossas células envelhecidas.

Isso pode ser feito tanto para a qualidade de pele como para o tratamento, por exemplo, de cicatrizes, de estrias ou de queda de cabelo.

É um tratamento interessante, moderno, é o futuro. Ele preza pela naturalidade, por tratar e prevenir o envelhecimento.

Quais são os sinais do envelhecimento da pele? Clique aqui e saiba mais!

É o prejuvenation!

Você que pode parar o tempo, que pode segurar esse tempo, invista nisso.

É interessante, é moderno, é atual. Leia sobre a terapia regenerativa, busque informações.

Foi isso que eu fiz. Agora nas férias eu fui para a Suíça entender um pouquinho melhor esse tratamento e ele realmente é apaixonante, interessantíssimo.

Inclusive outras especialidades aplicam este tratamento.

É uma nova forma de tratar o envelhecimento cutâneo. Se você quiser saber mais, fale com seu médico, procure sobre o assunto, ele vai ter muito a lhe contar.

14 de fevereiro de 2019

Envelhecimento da pele

Envelhecimento: como tratar cada sintoma?

O envelhecimento da pele vai acontecendo da seguinte forma: até os 30 anos geralmente os pacientes se incomodam mais com manchas e rugas. Aos 40 anos o que mais incomoda é a flacidez, é a mudança do contorno facial. E é aí que você tem que entrar com alguns outros tratamentos.

Para manchas a gente consegue fazer os lasers.

Para as rugas de expressão, toxina botulínica.

Agora, para o contorno a gente precisa trabalhar muito as perdas gordurosas e as perdas ósseas. Então com os preenchedores a gente consegue repor essas perdas e também com os bioestimuladores. Eles vão estimular o colágeno local e também repor essas perdas. Geralmente a gente utiliza os bioestimuladores na parte mais lateral da face, tentando reestruturar essa face.

Quando, mesmo assim, a gente já tem esse contorno perdido, podemos associar a tudo isso os fios de sustentação de ácido polilático, que são fios que você coloca na face, em um procedimento minimamente invasivo, e que vai ajudar todos os outros procedimentos.

O importante é que você procure um profissional que saiba associar todos esses tratamentos e possa oferecer a você a melhora da qualidade de vida em todas as idades. Procure seu dermatologista.

29 de novembro de 2018

Fios de sustentação: lifting sem cirurgia

Fios de sustentação e o rejuvenescimento facial

Fios de sustentação facial são um recurso incrível para realizar lifting no rosto e um tratamento realmente eficaz contra o envelhecimento.

A perda de colágeno é um processo natural do envelhecimento e causa a flacidez facial. Em casos nos quais essa flacidez ainda é leve, é possível parar essa queda, essa sensação de rosto “derretendo” com os fios de sustentação.

Se antes esse lifting só era possível através de cirurgias plásticas, o que demandava um longo período de recuperação e o afastamento das atividades cotidianas, hoje, com os fios de sustentação, você consegue esse resultado em poucos minutos.

Os fios de sustentação são feitos de ácido poli-lático, um material que estimula a produção natural de colágeno na pele, além de reposicionar os pontos estratégicos da face. Como o material é absorvível, o resultado do procedimento fica muito mais natural.

O implante dos fios é feito em consultório, com anestesia local. É um procedimento rápido, a sessão dura cerca de 45 minutos e não há necessidade de internação do paciente. Os fios são colocados na camada de gordura da pele, por isso não ficam visíveis. A quantidade de fios pode variar entre 4 a 8, dependendo da flacidez.

Os primeiros resultados são percebidos imediatamente, pois ocorre a elevação do tecido flácido, mas é num prazo de 40 a 60 dias após a colocação que ocorre a acomodação dos fios e o resultado final é alcançado. A durabilidade dos fios varia de paciente para paciente, mas, em média, vai de 1 ano e meio a 2 anos.

Quando os fios são indicados?

Os fios de sustentação facial combatem a flacidez e melhoram também rugas, linhas de expressão, sulcos e a qualidade da pele como um todo, já que promove um novo colágeno na pele.

É uma boa indicação para tratar o bigode chinês; para recuperar o volume das bochechas, que é um grande fator de jovialidade da pele; para redefinição do contorno da mandíbula e acabar com a aparência de “bulldog”; também funciona muito bem para acabar com as rugas do pescoço e esticar a pele dessa região.

Os fios de sustentação facial são muito procurados por atrizes, modelos, apresentadoras de TV, mulheres de negócio e homens também. Não existe uma idade ideal ou indicada para que o tratamento seja realizado, mas sabe-se que essa perda mais acentuada da sustentação da pele ocorre por volta dos 35 anos.

Se você deseja combater os sinais do envelhecimento, principalmente a flacidez e as rugas, agende seu horário e venha conversar conosco. Teremos o maior prazer em lhe apresentar mais detalhes do tratamento com fios de sustentação facial e também fazer a sua avaliação.

17 de agosto de 2018

Envelhecimento das mãos – Qual o tratamento indicado?

 

Como tratar as manchas e rugas das mãos?

Durante muito tempo comentava-se que as mãos entregavam a nossa idade, e isso pode ser verdade. As regiões mais expostas de nosso corpo, são as mãos, e quando não tratamos elas, podemos ter certos constrangimentos.

Imagine cumprimentar alguém, usar um anel ou expor as mãos, quando elas estão com manchas, rugas, flacidez ou tendões e veias aparentes. Essa situação pode ser meio desagradável, não é verdade?

Como podemos tratar esse problema?

Nossas mãos possuem um grande amigo, que são os filtros solares. É recomendado passar o filtro solar pela manhã antes de sair de casa para evitar manchas causadas pelo sol e, quando estamos dirigindo ou em outros lugares que deixamos nossas mãos expostas ao sol.

Outro tratamento que existe é feito com luzes e lasers.  Através desse tratamento, você consegue tratar todas as manchas.

Já quando o paciente possui as mãos murchas, aquelas em que é possível enxergamos as veias e os tendões, os preenchimentos acabam sendo a melhor opção. Os preenchimentos podem ser feito com ácido hialurônico ou com Hidroxiapatita de cálcio.

Procure o seu Dermatologista!

Se você sofre com as mãos envelhecidas, procure o seu dermatologista ou agende uma consulta conosco, será um prazer atendê-lo e avaliar o seu problema, para assim, tratarmos da melhor maneira possível.

Saiba também sobre o tratamento da região do colo, clique aqui!

Dra. Luciana Lourenço.

17 de outubro de 2017

Mãos denunciam a idade. Verdade ou mito?

Mãos merecem cuidados específicos

Você já ouviu falar que você consegue saber a idade de uma pessoa através das mãos? Eu acho que sim.

Mas hoje isso não é verdade. Se você tem um bom dermatologista você não vê a idade nas suas mãos. As mãos podem e devem ser tratadas.

Com o envelhecimento, com a vida, a mão vai se modificando e você vai perdendo a gordura e o colágeno dessa mão. E as estruturas vasculares, os vasos e os tendões começam a ficar mais visíveis e aparentes.

Além disso, as mãos ficam mais expostas ao sol e podem apresentar manchas, o que dá realmente aquela aparência feia, envelhecida. Isso também pode ser tratado.

Eu recomendo que comecemos primeiro avaliando a coloração. Quando a mão está escurecida eu recomendo tratamentos com lasers, que são tratamentos específicos, que tratam seletivamente essa mancha, poupando a pele normal e, com isso, clareando as mãos.

Sabia que flacidez tem tratamento? Clique aqui e descubra como resolver o problema. 

Essas mãos mais claras já têm uma aparência melhor, mas se elas também têm essa perda de volume, se a mão já é um pouco mais enrugada, é interessante pensar nos preenchedores, que conseguem revolumizar essa mão, deixa-la com uma aparência mais jovem.

São procedimentos minimamente invasivos. O ácido hialurônico é uma opção e o hidroxiapatita de cálcio também é uma boa opção para esse preenchimento.

É importante você cuidar das suas mãos, porque elas realmente fazem diferença no seu visual. Confie suas mãos a um dermatologista.

Clique aqui e entenda melhor como funcionam os preenchedores. 

20 de fevereiro de 2017

Toxina botulínica e preenchedores: entenda tudo sobre eles

Toxina botulínica e preenchedores não duram para sempre?

 

Por que a toxina botulínica e o preenchedor não são eternos? Por que eles têm uma durabilidade? Boa pergunta, não é? Vou explicar um pouquinho para vocês.

Não é ruim que eles não sejam eternos. Os procedimentos não podem ser definitivos. Por quê? Porque o envenelhcimento é dinâmico. Como você está hoje, amanhã estará diferente e no ano que vem muito mais. Então é importante que ele não seja definitivo.

Com o tempo os ângulos da face vão mudando e o preenchimento ajuda a face a retomar esses contornos, mas se você o coloca em um lugar, no outro ano não pode ser no mesmo lugar, porque a sua necessidade em um ano vai mudar. Por isso o procedimento não pode ser definitivo. Esse é um fator.

Você tem papinho? Descubra como tratar o problema clicando aqui.

Outro fator interessante é que para o procedimento não ser definitivo ele precisa ser absorvido e para que isso aconteça ele tem que ser um produto que o organismo aceite como próprio. Essa é uma outra vantagem dele ser absorvido, assim o organismo não vai rejeita-lo, não vai causar reações. Então é muito importante para o seu organismo que ele não seja duradouro.

Os procedimentos hoje terem um prazo é bom, bom pra você, para o seu organismo, para o seu contorno facial e também é possível que você, às vezes, não goste tanto daquele procedimento, do resultado. OK, ele não é definitivo. Ele vai diminuir, se adaptar a você.

Então hoje os procedimentos tendem a uma naturalidade maior. Ele não ser definitivo é mais interessante, porque o ser humano não é definitivo. Hoje eu quero o lábio menor, amanhã eu quero o lábio maior. A gente muda e as coisas definitivas são muito poucas. Então por que o preenchedor, a sua toxina botulínica tem que ser definitiva?

Eles não precisam ser definitivos, eles acompanham você. É você que é importante e não os procedimentos. A sua avaliação tem que ser feita sempre, a cada 6 meses o médico tem que reavaliar a sua face, ver como você está e depois indicar o que você precisa.

O que você precisa hoje não é o que você vai precisar daqui a 1 ano, então não fique triste quando você notar que o seu preenchimento já precisa ser refeito, ou a sua toxina.

Geralmente o preenchedor dura o dobro do tempo da toxina, só para você ter uma noção. A toxina faz o relaxamento de alguns músculos e que ajudam a abrir o olhar, tirar algumas rugas de expressão, mas sempre voltados à naturalidade. E dura cerca de 4 a 6 meses.

Os preenchedores não definitivos duram em torno de 9 meses, mas isso pode variar um pouco dependendo de cada pessoa.

É importante você saber que esses procedimentos não podem e não devem ser definitivos, porque na vida nada é definitivo, não é?

22 de março de 2016

Envelhecimento da pele: rugas

Sua pele denuncia sua idade?

Muitas pacientes me perguntam quando começamos a envelhecer. A resposta é muito simples: envelhecemos a partir do momento em que nascemos. Aí começamos a perder a pele de bebê, mas os primeiros sinais de envelhecimento são vistos por nós como as rugas e elas aparecem mais depois dos 30 anos de idade.

A pele não esconde a passagem do tempo, pelo contrário, ela expõe nossa idade. A aparência da pele e sua saúde estão diretamente ligadas ao nosso estilo de vida e também os hábitos alimentares, além dos cuidados que temos com ela. Excesso de sol, o consumo de álcool, tabagismo e até a poluição são alguns dos fatores que provocam o envelhecimento precoce da pele.

O que fazer para que esses sinais apareçam mais tardiamente?

Existem alguns cuidados muito simples que nos ajudam a manter a pele bonita e saudável, retardando o envelhecimento, como usar protetor solar diariamente e aplicar alguns hidratantes e outros produtos – sabonetes específicos para seu tipo de pele, por exemplo –, além de ter uma boa alimentação e ficar atento ao consumo diário de água.

O dermatologista pode indicar os melhores produtos para que você comece a lutar contra este envelhecimento, afim de preveni-lo e retardá-lo. Os primeiros sinais de envelhecimento, geralmente, são percebidos próximo aos olhos, as primeiras rugas são vistas nessa região, conhecidas também como pés de galinha.

As rugas estão aparecendo. E agora?

Quando você começara perceber que essas rugas estão aparecendo, você pode intensificar o uso dos seus cremes, fazer a sua parte em casa ou então contar com a ajuda do dermatologista. Hoje existem vários tratamentos que melhoram essas rugas ao redor dos olhos, assim como ao redor da boca, isso com algumas aplicações simples e pouco invasivas.

Alguns exemplos de tratamentos contra os sinais de envelhecimento da pele: peeling, luz pulsada, lasers, toxina botulínica e preenchimentos. Você tem a possibilidade de prevenir as rugas e também de tratá-las no início, assim fica mais fácil para você e para o seu médico chegarem em um resultado mais natural e satisfatório.

Você é um atuante nesse tratamento, mas para saber qual a melhor alternativa para o seu caso, converse com seu dermatologista.