Tag Archives: bioestimuladores

28 de outubro de 2019

Celulite: toda mulher tem

Celulite tem tratamento!

Celulite é um problema que atinge 100% das mulheres. Você sabia? Sim, isso é verdade, 100% em maior ou em menor grau, mas todas as mulheres têm celulite.

A anatomia das células gordurosas na mulher facilita o acúmulo de gordura de forma diferente e que fica visível através da pele.

Isso ajuda muito para explicar porque as mulheres têm celulite e os homens não. A anatomia do tecido gorduroso masculino é diferente do da mulher.

A celulite acomete todas as mulheres e incomoda todas as mulheres. Ninguém gosta dela.

E tem tratamento?

Esse problema é multifatorial. Além da anatomia, o hormônio também atrapalha, assim como o excesso de peso. E às vezes ela está associada à flacidez.

A celulite pode ser firme ou flácida. Se ela for firme, o tratamento é um pouco diferente do que se ela for flácida. Existem equipamentos que trabalham melhor a celulite firme e outros que trabalham melhor a flácida.

Por isso é preciso primeiro saber qual tipo você tem e nisso o dermatologista vai conseguir te ajudar, para depois você buscar o tratamento adequado.

Celulite com flacidez

Em geral as tecnologias ajudam muito no tratamento e é importante, às vezes, quando ela está associada à flacidez, que você associe aos bioestimuladores e o ácido polilático traz um resultado muito interessante quando associado aos equipamentos para celulite.

Às vezes não existe a necessidade do equipamento e do bioestimulador, vai depender se ela é mais flácida ou não, mas de qualquer forma tem tratamento.

Você tem que melhorar o tecido, você tem que melhorar a sustentação da área para você ter essa melhora.

Hoje os resultados dos equipamentos e dos bioestimuladores são resultados palpáveis, são resultados cientificamente comprovados.

Então se você que se incomoda com celulite, tem que falar primeiro com seu médico, para que ele lhe explique o que e veja qual é a sua celulite para que ele, junto com você, possa escolher o melhor tratamento.

E pense nela agora, se você quer que ela esteja boa para o seu verão.

E não esqueça que toda celulite melhora com exercício físico e uma boa alimentação.

Depende da gente, mas depende também de você essa melhora.

21 de outubro de 2019

Flacidez corporal

Flacidez corporal: o que fazer com ela?

Flacidez é o assunto de hoje. Quem que não olha, às vezes, para o seu corpo e acha em alguma parte dele flacidez?

Você, às vezes, olha para alguma parte do seu corpo e enxerga que aquela parte está flácida, principalmente algumas áreas como braços e face interna de coxas.

São áreas em que a flacidez realmente incomoda e, às vezes, a pessoa não consegue nem usar um short ou uma camiseta, porque a flacidez incomoda.

E a flacidez tem solução?

As pacientes sempre me perguntam se é possível melhorar a flacidez. Olha, hoje sim. Hoje você consegue melhorar sua flacidez.

A flacidez piora com a idade, mas até gente jovem tem flacidez.

E uma coisa é flacidez de músculo. Essa é mais tranquila, você vai malhar para melhorar e você vai sentir a diferença, mas a flacidez não é só de músculo, mas de pele. E quando a flacidez é de pele, o dermatologista pode ajudar mais ainda.

Tratando a flacidez

Na flacidez de pele você tem que associar tratamentos, associar tecnologias que são muito importantes.

Associar a radiofrequência ou ultrassom microfocado, que vão ajudar muito no tratamento, como também associar os injetáveis, os bioestimuladores.

São substâncias que nós injetamos com agulhas nas áreas corporais clássicas e elas estimulam a produção de colágeno, bioestimulam a sua pele.

Com isso você vai produzir o colágeno, o que vai ajudar essa pele a ficar mais firme. E depois, com as tecnologias, você melhora ainda mais essa pele.

Essa associação dos bioestimuladores com as tecnologias é uma excelente escolha para o tratamento da flacidez corporal.

E hoje é muito tranquilo, porque você consegue com muito pouca invasão, pouco número de sessões (de uma a três sessões) trabalhar sua flacidez.

Bioestimuladores

Nós temos dois mais importantes, o ácido polilático e a hidroxiapatita de cálcio.

Esses dois bioestimuladores trabalham na região corporal de uma forma muito interessante. Às vezes para alguma área eu prefiro um e para outra área o outro.

É importante sim a opinião médica, a avaliação, para que o dermatologista escolha o melhor produto para você, para o seu tipo de pele e veja qual associação fazer entre a tecnologia e o bioestimulador.

No tratamento da flacidez corporal a associação é muito legal, cientificamente estudada e com resultados comprovados.

É ciência, não é milagre. Pode acreditar!

9 de agosto de 2019

Envelhecimento: como melhorar?

Envelhecimento: conheça os melhores tratamentos

Envelhecimento. As pacientes me perguntam muito sobre como melhorar o envelhecimento, como suprir o que os anos tiraram, como melhorar sua imagem no espelho e o dermatologista tem um monte de armas na mão.

As três armas mais poderosas do dermatologista são: a toxina botulínica, os preenchedores e os bioestimuladores. E quais as diferenças entre os três? Como que cada um age? O que eles fazem? É muito simples.

Toxina botulínica

A toxina botulínica atua nas rugas de expressão, então na maioria das vezes é usada no terço superior da face e os pés de galinha, as rugas frontais, o bravo melhoram com a toxina botulínica, conhecida como botox.

Preenchedores

E também os preenchedores. Os preenchedores vão fazer o quê?

Corrigir as perdas gordurosas que a gente perdeu com a vida. Colocados na posição correta eles fazem a sustentação da face.

Se você perdeu um coxim gorduroso central ou você perdeu o coxim gorduroso mais posterior, você pode corrigir isso com o preenchedor.

Também uma perda labial, expor um pouquinho o lábio com delicadeza ou uma olheira, você pode preencher também as olheiras.

O grande preenchedor hoje é o ácido hialurônico. Ele é seguro, nós já o conhecemos há mais de 20 anos, então realmente é um bom preenchedor.

O preenchedor, portanto, preenche o que você perdeu de estrutura.

Bioestimulador

E o que o bioestimulador faz? O bioestimulador vai depender da sua resposta. Você coloca o bioestimulador e você vai responder a ele produzindo colágeno.

Ele vai ajudar a sustentar o seu preenchedor, vai ajudar a mostrar o resultado da sua toxina, então o bioestimulador é fundamental.

É como se fosse uma casa, onde o telhado fosse a qualidade da pele, as paredes os preenchedores e toxina e o alicerce fosse o bioestimulador. Você precisa ter o bioestimulador, a produção de colágeno para sustentar tudo isso.

Então o bioestimulador vai estimular, não tem o resultado imediato, mas ele vai estimular você a produzir colágeno.

O preenchedor vai suprir as perdas que você perdeu com a vida, principalmente dos coxins gordurosos e sustentar a face.

E a toxina vai relaxar os músculos de expressão facial.

De uma forma muito simples e muito didática você conseguiu entender as três grandes armas da dermatologia!

Fale com o seu dermatologista ou agende uma avaliação aqui na clínica para saber mais sobre esses produtos, para saber o melhor para você, quando associar e de que forma associar os três.

28 de junho de 2019

Tratamentos corporais no inverno

Tratamentos corporais: inverno é ótimo momento para tratar

Tratamentos corporais agora no inverno podem garantir o corpo dos seus sonhos no verão. Você já tinha pensado nisso?

Agora no inverno as roupas são mais compridas, escondem mais o corpo e, às vezes, você pode pensar em aproveitar isso para ficar um pouquinho fora do peso, afinal as roupas escondem tudo.

Mas isso está errado! Tem que pensar que depois do inverno vem o verão, vem a estação quente, quando o corpo estará mais à mostra, quando virão os biquínis.

Então pense no seu corpo agora, não deixe para pensar no verão. Aproveite o inverno para se cuidar.

Coma melhor, se alimente melhor, faça exercícios e comece a se programar em relação às suas tecnologias, em relação ao que você pode fazer pela sua celulite, pela sua gordura localizada, pelas suas estrias e pela flacidez.

Você pode começar o tratamento agora no inverno, por que não? Se você começar a pensar no seu corpo agora no inverno, no verão vai ficar tudo mais fácil. Então não pense que o inverno e as roupas mais quentes possam esconder alguma coisa, já pense no seu biquini agora no inverno.

E o que você pode fazer pelo seu corpo agora no inverno para deixá-lo preparado para o verão?

Gordura localizada

Depois de um tempo na vida, a gordura localizada começa a aparecer em alguns lugares estranhos, nas costas, nos flancos, no abdômen e ela pode ser tratada de uma forma não invasiva com a criolipólise desenvolvida em Harvard.

É uma criolipólise que já está conosco há mais de 7 anos e que vem desenvolvendo ponteiras novas, específicas para cada região do corpo.

Você pode fazer hoje o seu tratamento e vai conseguir nos próximos 3 meses ter o resultado completo deste tratamento.

Por isso é importante tratar essa gordura agora no inverno e a criolipólise é a melhor opção.

Você pode fazer mais do que uma vez, se achar que pode ter um resultado ainda maior, sem problemas. Em geral, uma ou duas sessões é perfeito.

Você pode fazer uma ou várias ponteiras, dependendo do desenho que você quer ter no seu corpo.

Celulite

Para celulite a radiofrequência é uma boa alternativa. Através do calor, ela melhora a oxigenação tecidual, melhora a mobilização das fibras colágenas, a flacidez local e, com isso, melhora a celulite.

Às vezes só a radiofrequência não dá conta, você precisa da subcisão, que é um método cirúrgico para graus mais avançados de celulite.

O médico corta e solta as fibras que estão puxando a pele para baixo, dando aquele aspecto almofadado. Com a subcisão é possível melhorar as celulites mais graves. Esse procedimento associado às tecnologias geralmente trazem um bom resultado.

Uma coisa interessante de pensar na celulite é que ela, geralmente, está associada à flacidez.

Flacidez

E para flacidez uma ótima opção são os bioestimuladores.

Temos o ácido polilático e a hidroxiapatita de cálcio que trabalham na flacidez de pele. E quando você melhora a flacidez de pele, em geral, melhora também a celulite.

Nós falamos de flacidez, de celulite e de gordura localizada, que são tratamentos que precisam ser pensados agora, para você ter tempo de melhorar tudo isso e deixar o corpo pronto para o verão.

9 de maio de 2019

Flacidez facial: quando tratar?

Flacidez facial: tratamento e prevenção

Flacidez facial é um problema que vai afetar todo mundo. Será mesmo? Quando que a flacidez facial começa a ser percebida?

Geralmente a partir dos 35 anos você começa a sentir que a pele vai ficando mais fina e aos 40 você sente que ela está desgrudando dos ossos, ela está caindo e, com isso, você perde contorno facial.

Então a flacidez deve ser tratada ou prevenida.

Conheça o PREJUVENATION, protocolo contra o envelhecimento. Clique aqui.

Prevenção

Se você começar a prevenir essa flacidez aos 30 anos com alguns estímulos, como:

– ácido polilático
– hidroxiapatita de cálcio
– tecnologias

O ultrassom microfocado é uma dessas tecnologias indicadas para o tratamento da flacidez facial. Você pode tratar ou prevenir o seu envelhecimento, a sua flacidez.

E se você fizer isso aos 30, aos 40 você vai estar melhor. E aos 50 melhor ainda.

A flacidez deve ser tratada sempre e você pode trabalhar isso de forma anual.

Não é um tratamento que você faz sempre, mas é um tratamento que você tem que lembrar de fazer.

Comece o tratamento para a flacidez cutânea a partir dos 30 anos. Quando você chegar aos 40, você vai agradecer.