Blog

14 de março de 2016

Padrões de beleza

Padrões de beleza! O que é belo e o que não é belo? Hoje se estuda muito a respeito de como enxergar o belo. Existem sim padrões de beleza, algumas medidas determinadas cientificamente que fazem com que o cérebro entenda um rosto como sendo bonito. Há pessoas que possuem uma beleza quase unânime, mas o gosto ou as preferências de cada pessoa também influenciam em sua percepção do que é belo.

A beleza pode mesmo ser padronizada?

O que uma pessoa acha bonito, para outra pode não ser tão belo, mas algumas belezas clássicas seguem proporções. Existem máscaras de proporções hoje em dia que medem se o rosto pode ou não ser enxergado pelo cérebro como um rosto bonito. Elas medem, por exemplo, a proporções entre os lábios e a distância ente os olhos. E o dermatologista pode ajudar você a conquistar um visual mais bonito e atraente.

A beleza e o tempo

Com certeza você já viu pessoas ou mesmo artistas que parecem ficar melhores com o tempo, mais bonitos e às vezes mais jovens. Sim, isso é possível. Talvez você precise da ajuda de um profissional para que isso também aconteça com você, mas a gente consegue! Os anos passam, a jovialidade passa, mas a beleza continua.

É importante que o ser humano queira continuar se vendo no espelho e se sentindo feliz com o que vê, independente da idade que tenha. O importante é o que a pessoa sente, como ela se vê, mas ter um bom dermatologista é fundamental para tratar de sua pele e fazer os procedimentos necessários para que a saúde e a beleza sejam mantidas com bom senso, sem grandes exageros como vemos por aí nas notícias sobre celebridades.

O dermatologista estuda, avalia suas qualidades, suas proporções e consegue melhorá-las com diversos tipos de tratamentos. Converse com ele e descubra como fazer o tempo passar a seu favor.

Blog , , , , , , , , , , ,