Blog

7 de dezembro de 2018

Fim de ano chegando. Dá tempo de ficar mais bonita?

O final de ano está aí. E dá para ficar mais bonita, ainda temos tempo para isso?

Lógico, todo mundo quer ficar mais bonito, mais jovem e começar o ano melhor. E sim, dá tempo!

Você vem, nós fazemos a sua avaliação… avaliamos os seus olhos, as suas rugas de expressão, as suas rugas estáticas e a gente consegue, através da toxina botulínica, elevar um pouquinho o olhar. Se você tiver um pouquinho de sulcos, a gente também consegue diminuir, ou então deixar um charme lateral, com um top model look.

A gente consegue também fazer com que você comece o ano se sentindo mais atraente, mais bonita. Se você tiver o lábio pequeno, rapidamente a gente consegue tratar esse lábio, hidrata-lo, deixá-lo mais homogêneo, mais sensual.

Então ainda dá tempo de você se cuidar. Basta você querer e reservar um pouquinho do seu tempo.

Esses são procedimentos que trazem um resultado relativamente rápido. Em duas semanas você já consegue o resultado e consegue melhorar o seu final de ano, se sentir mais bonita.

Venha! Venha se cuidar. Afinal de contas, depois de um ano de trabalho você merece!

29 de novembro de 2018

Fios de sustentação: lifting sem cirurgia

Fios de sustentação e o rejuvenescimento facial

Fios de sustentação facial são um recurso incrível para realizar lifting no rosto e um tratamento realmente eficaz contra o envelhecimento.

A perda de colágeno é um processo natural do envelhecimento e causa a flacidez facial. Em casos nos quais essa flacidez ainda é leve, é possível parar essa queda, essa sensação de rosto “derretendo” com os fios de sustentação.

Se antes esse lifting só era possível através de cirurgias plásticas, o que demandava um longo período de recuperação e o afastamento das atividades cotidianas, hoje, com os fios de sustentação, você consegue esse resultado em poucos minutos.

Os fios de sustentação são feitos de ácido poli-lático, um material que estimula a produção natural de colágeno na pele, além de reposicionar os pontos estratégicos da face. Como o material é absorvível, o resultado do procedimento fica muito mais natural.

O implante dos fios é feito em consultório, com anestesia local. É um procedimento rápido, a sessão dura cerca de 45 minutos e não há necessidade de internação do paciente. Os fios são colocados na camada de gordura da pele, por isso não ficam visíveis. A quantidade de fios pode variar entre 4 a 8, dependendo da flacidez.

Os primeiros resultados são percebidos imediatamente, pois ocorre a elevação do tecido flácido, mas é num prazo de 40 a 60 dias após a colocação que ocorre a acomodação dos fios e o resultado final é alcançado. A durabilidade dos fios varia de paciente para paciente, mas, em média, vai de 1 ano e meio a 2 anos.

Quando os fios são indicados?

Os fios de sustentação facial combatem a flacidez e melhoram também rugas, linhas de expressão, sulcos e a qualidade da pele como um todo, já que promove um novo colágeno na pele.

É uma boa indicação para tratar o bigode chinês; para recuperar o volume das bochechas, que é um grande fator de jovialidade da pele; para redefinição do contorno da mandíbula e acabar com a aparência de “bulldog”; também funciona muito bem para acabar com as rugas do pescoço e esticar a pele dessa região.

Os fios de sustentação facial são muito procurados por atrizes, modelos, apresentadoras de TV, mulheres de negócio e homens também. Não existe uma idade ideal ou indicada para que o tratamento seja realizado, mas sabe-se que essa perda mais acentuada da sustentação da pele ocorre por volta dos 35 anos.

Se você deseja combater os sinais do envelhecimento, principalmente a flacidez e as rugas, agende seu horário e venha conversar conosco. Teremos o maior prazer em lhe apresentar mais detalhes do tratamento com fios de sustentação facial e também fazer a sua avaliação.

12 de setembro de 2018

Como corrigir o Lóbulo da Orelha sem cirurgia?

O que é o Lóbulo da Orelha?

Hoje vamos falar de um assunto muito interessante: o lóbulo da orelha.

O lóbulo da orelha é uma pequena proeminência que se localiza na região inferior da orelha. Existem dois tipos de lóbulos: o solto e o preso.

O lóbulo da orelha também envelhece. Ele fica flácido e às vezes fica largo, o que acaba  impossibilitando que o paciente escolha o seu brinco, por exemplo. Com o tempo, o paciente também vai deixando de usar um brinco bonito ou um brinco maior porque quando a orelha fica caída. Isso forma até uma flacidez que fica parecido com uma ruga.

Outro motivo para a orelha rasgada é o uso errado do tamanho e o peso dos brincos. Além disso, o paciente também pode ter uma orelha rasgada devido a um trauma ou pela genética.

Como posso corrigir?

O orifício rasgado pode ser consertado e pode ser tratado. Hoje, existem alguns ácidos que vai fazer um processo inflamatório e vai fechar esse rasgo. Então, sem as tradicionais cirurgias, você consegue corrigir uma orelha rasgada.

A orelha também tem rugas e fica mole, o que impossibilita o uso de um brinco. Você pode às vezes preencher esse lóbulo de orelha e deixar ele voltado pra ficar mais gordinho, mais firme, mais cheio, então o preenchimento de lóbulo de orelha hoje também rejuvenesce.

Procure seu dermatologista!

Usar um brinco bonito ajuda no seu conjunto e hoje você pode usar um brinco bonito em qualquer idade com a ajuda do seu dermatologista.

Para saber mais sobre o tratamento do pescoço, clique aqui!

Para marcar uma consulta com a gente, preencha o formulário:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

6 de setembro de 2018

Saiba como evitar as manchas brancas na pele

O que são as manchas brancas na pele?

As pequenas manchas brancas na pele são chamadas de Leucodermia ou como conhecida, as sardas brancas. Elas são pequenas manchas brancas na pele de até 10mm de diâmetro. Elas surgem, geralmente, após os 40 anos de idade.

Elas geralmente ocorrem nos braços, nas pernas e no rosto devido a exposição que essas duas partes ficam ao sol.

Elas não acarreta em morbidade e é considerado apenas um problema estético.

Como elas surgem?

Os raios ultravioletas lesionam os melanócitos, que são as estruturas da pele que produzem uma substância que dá a coloração mais escura da pele. Devemos sempre proteger a nossa pele para evitar que essas manchas brancas apareçam. O sol é considerado um dos maiores inimigos da nossa pele.

Formas de tratamento

O dermatologista faz um diagnóstico da leucodermia apenas com o olhar. Ele sabe identificar as pequenas manchas na pele. De primeiro momento, a primeira receita que ele vai mandar é o uso do protetor solar.

Existem outras formas de tratamento, como a fotoproteção, o uso de lasers e a crioterapia com nitrogênio líquido e dermabrasão. Todas essas formas serão usadas na tentativa de recuperar a coloração da pele.

O melhor amigo da pele

O protetor solar deve andar com você, seja na sua bolsa ou na sua mochila. Ele é considerado o melhor amigo da pele e irá te proteger não só da leucodermia, mas de outras doenças de pele, como queimaduras e melanoma. É aconselhado utilizar o filtro solar desde os primeiros anos de vida. Passar hidratantes aconselhados pelo seu dermatologista também pode ser uma forma de evitar a leucodermia. 

 

Para saber mais sobre pintas, clique aqui!

 

 

Para marcar uma consulta com a gente e saber mais sobre como evitar as manchas na pele, preencha o formulário:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

31 de agosto de 2018

Saiba a melhor forma de tratamento contra as Sleep Lines

Você sabe o que são as Sleep lines?

As Sleep Lines são as famosas rugas, que quando a gente acorda, notamos que ela está pior, com algumas linhas marcadas no rosto, no decote ou no pescoço. São todas aquelas rugas que pela manhã ficam mais visíveis e que sempre nos incomodam. Elas ocorrem porque no momento em que estamos dormindo, nossa pele fica amassada. 

Qual a diferença entre elas?

As sleep lines da face são, no geral, do sentido oposto das rugas normais devido ao contato do nosso rosto com o travesseiro. Já as sleep lines que aparecem no decote são no sentido perpendiculares. 

Para saber sobre os problemas das pintas, clique aqui!

Existe algum tratamento?

Hoje, essa rugas podem ser melhoradas através do tratamento com laser ou com a técnica de skinbooster, que são injeções na pela com a função de hidratação imediata. 

Caso queira evitar ou melhorar essas rugas, procure o seu dermatologista.

 

Para agendar uma consulta, preencha o formulário:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

24 de agosto de 2018

Pintas – Você sabia que elas podem trazer sérios riscos à saúde?

 

De que forma as pintas podem agravar a minha saúde?

O dermatologista não cuida apenas da sua pele. Ele cuida também da saúde da sua pele. As pintas ou nevus, termo usado por dermatologistas, é um assunto muito sério dentro da dermatologia e elas realmente podem nos trazer alguns problemas.

O melanoma que se desenvolve nas células se manifesta sob a forma de pintas ou manchas, tem o mais alto índice de mortalidade, mas quando existe a detecção precoce, a chance de cura ultrapassa os 90%.

Ao longo da vida, elas podem se modificar, alterar a coloração, o tamanho, o formato e acabarem se transformando em algo ruim, como por exemplo um tumor. Geralmente, devemos ter maiores atenções com as pintas pequenininhas.

A importância do autoexame

Através do autoexame, nós mesmos conseguimos identificar essas alterações e evitar que elas se transformem em algo ruim. Olhe para elas e identifique se elas estão crescendo ou não, se elas estão alterando suas cores. Dessa forma, podemos evitar um câncer. N aregião das costas ou em outras regiões que você não consegue enxergar, peça para alguma pessoa próxima a você avaliar suas pintas.

Uma pesquisa do Ministério da saúde apontou que o câncer de pele é mais comum nos homens do que nas mulheres. A pesquisa ainda apontou que isso ocorre porque os homens não costumam proteger a sua pele de raios solares como as mulheres.

Se você quer saber também sobre o envelhecimento das mãos, clique aqui.

Procure o seu dermatologista

O seu dermatologista consegue identificar se uma pinta está indo para um caminho ruim. Então, ele não cuida só da beleza, ele te protege e também conta com a sua ajuda. Marque uma consulta para avaliarmos juntos as suas pintas e assim ajudar a lhe prevenir de algo mais sério.

 

Para marcar uma consulta e saber mais sobre as suas pintas, preencha o formulário:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

 

 

17 de agosto de 2018

Envelhecimento das mãos – Qual o tratamento indicado?

 

Como tratar as manchas e rugas das mãos?

Durante muito tempo comentava-se que as mãos entregavam a nossa idade, e isso pode ser verdade. As regiões mais expostas de nosso corpo, são as mãos, e quando não tratamos elas, podemos ter certos constrangimentos.

Imagine cumprimentar alguém, usar um anel ou expor as mãos, quando elas estão com manchas, rugas, flacidez ou tendões e veias aparentes. Essa situação pode ser meio desagradável, não é verdade?

Como podemos tratar esse problema?

Nossas mãos possuem um grande amigo, que são os filtros solares. É recomendado passar o filtro solar pela manhã antes de sair de casa para evitar manchas causadas pelo sol e, quando estamos dirigindo ou em outros lugares que deixamos nossas mãos expostas ao sol.

Outro tratamento que existe é feito com luzes e lasers.  Através desse tratamento, você consegue tratar todas as manchas.

Já quando o paciente possui as mãos murchas, aquelas em que é possível enxergamos as veias e os tendões, os preenchimentos acabam sendo a melhor opção. Os preenchimentos podem ser feito com ácido hialurônico ou com Hidroxiapatita de cálcio.

Procure o seu Dermatologista!

Se você sofre com as mãos envelhecidas, procure o seu dermatologista ou agende uma consulta conosco, será um prazer atendê-lo e avaliar o seu problema, para assim, tratarmos da melhor maneira possível.

Saiba também sobre o tratamento da região do colo, clique aqui!

Dra. Luciana Lourenço.

10 de agosto de 2018

Envelhecimento do colo – Tudo que você precisa saber sobre o tratamento!

 

Como tratar o envelhecimento do colo?

O seu rosto, não combina com seu colo? com o seu decote? A sua região do colo está mais envelhecida, e por um acaso, você deu menos atenção a ela, do que ao seu rosto?

As vezes quando você vai escolher uma roupa, se o decote não estiver bom e legal, você não se sente bem com isso.

Recentemente eu fui convidada pra um programada de TV, para falar sobre o tratamento de colo. Hoje em dias as pessoas se preocupam tanto com a face, que se esquecem de tratar a região do colo.

O decote, pode apresentar manchas, rugas , aspecto envelhecido, ressecado e até desestruturado. Esta, é uma região importante para você se sentir bem, e ela pode ser tratada.

Mas afinal, qual é o tratamento de colo?

Através de procedimentos  de clareamento, utilizando de lasers e peelings, que também melhoram a qualidade local; Estes são procedimentos minimamente invasivos, como por exemplo: uma proteção solar.

As rugas entre os seios, que são mais comuns do que aparentam; Ainda mais nos dias de hoje, com seios maiores,  silicones, ou até então na hora de dormir, aonde as mulheres acabam dormindo de lado em alguns casos ; Causando rugas entre as mamas; E essas manchas e rugas no colo, também podem ser tratadas nos dias de hoje.

Os Skinbooster também podem ser utilizados!

A técnica de skinbooster, uma técnica simples, utilizando ácido hialurônico,  que é injetado diretamente na região, ajuda a alisar estas rugas, e a melhorar a qualidade da pele no seu decote;

Quer saber um pouco mais sobre como tratar a flacidez da pele? Clique Aqui!

O skinbooster, não é invasivo e não tem relação com a luz solar, podendo dessa forma, ser realizado em qualquer época do ano.

A região do colo, pode e deve ser tratada, tanto quanto o rosto; Afinal de contas, o seu rosto, deve combinar com o  decote, e dessa forma, se sentir bem.

E as suas mãos, você anda se preocupando com elas? Clique aqui! e veja como manter suas mãos rejuvenescidas.

 

3 de agosto de 2018

Tratamentos para o pescoço – Principais indicações, tipos e recomendações!

Quais os tratamentos para o pescoço?

Hoje nós iremos falar sobre o tratamento do pescoço! Até pouco tempo atrás, todos diziam  que é possível ver a idade de uma pessoa através do pescoço ou que o pescoço é uma área sem tratamentos.

Dizer que o pescoço não tem tratamento, é uma mentira. As rugas, flacidez, manchas e gorduras que podem acometer essa região, tem tratamento. As manchas são comuns nas laterais do pescoço, e podem ser tratadas através dos lasers e luzes.

As Rugas extremamente marcantes, até mesmo em pacientes jovens, tem o tratamento baseando-se nos lasers e a técnica de Skinboosters.

A flacidez do pescoço é algo que piora conforme o tempo passa, mas existem técnicas como o ultrassom microfocado que trabalha de forma profunda, provocando micro lesões que irão se cicatrizar formando colágeno em sua pele.

Contamos também com a Criolipólise desenvolvida em Harvard para tratarmos a papada e a gordura localizada nessa área.

A papada, as manchas, flacidez e rugas do pescoço podem e devem ser tratadas, consulte o seu dermatologista e tire as suas dúvidas sobre os tratamentos indicados para essa região.

Você pode preencher o formulário abaixo para agendar uma consulta!

Nome:








 

 

27 de julho de 2018

Você precisa conhecer esses tratamentos para a flacidez!

É possível tratar a flacidez?

Um problema comuns após os 35, 40 anos é a sensação de pele caída em nossa face; sabe quando abaixamos e sentimos a pele da face descolando de nosso osso? Isso é um exemplo da flacidez, que é um problema que incomoda muito.

A flacidez contribui para que você não se reconheça no espelho, mudando parcialmente ou completamente o formato de sua face. Parece que não, mas esse é um problema extremamente comum nos dias de hoje, e felizmente ela pode ser tratada, ou até mesmo prevenida.

Como pode ser feita a prevenção?

A partir dos 30 anos você pode começar a pensar em protocolos para prevenir a flacidez com o ácido polilático por exemplo, evitando um aumentando acentuado de pele caída quando chegar aos 40 ou 50 anos.

O tratamento para a Flacidez

Além do ácido polilático no tratamento da flacidez, podemos contar com equipamentos, tais como o ultrassom microfocado, que é um aparelho que provoca pequenas lesões nas áreas bem próximas ao músculo, essas lesões serão cicatrizadas e irão formar colágeno, se prendendo novamente a pele e ao músculo.

Outra opção, é a radiofrequência, que também é extremamente utilizada na manutenção desses tratamentos. Esse problema em nossa pele, pode ser tratado e prevenido, dando a capacidade de restaurar e tornar jovem o nosso contorno facial, devolvendo nossa autoestima e qualidade de vida.

Se você tiver alguma dúvida e deseja entrar em contato, preencha o formulário abaixo e agende a sua consulta!

Nome: